Estamos trabalhando em um novo site para Porto Alegre. Visite o projeto alfa e ajude-nos com seu feedback.
Prefeitura de Porto Alegre
Lupa
A- A+ A- A+    A A A A    ?
voltar ao topo ^

Teatro Popular segue até domingo no Centro Municipal de Cultura

19/06/2017 08:23:38

Foto: Alejandro Marrero/ Divulgação PMPA
Hojas de papel volando cria um contexto espiritual para as palavras

Hojas de papel volando cria um contexto espiritual para as palavras

Foto: Rafael Saes/ Divulgação PMPA
A Desmontagem vai expor os processos de criação de diferentes personagens

A Desmontagem vai expor os processos de criação de diferentes personagens

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, promove até 25 de junho o 5º Festival de Teatro Popular – Jogos de Aprendizagem. Realizado desde 2010, a mostra apresenta uma programação de espetáculos de teatro, intervenções artísticas e ações formativas. O enfoque do festival está no Teatro Popular, dando visibilidade e reconhecimento à produção artística de grupos teatrais de longa trajetória, comprometidos com sua comunidade de origem, o panorama sócio-político latino-americano e a constante pesquisa estética. Toda a programação tem entrada franca. Senhas são distribuídas 30 minutos antes da apresentação.
 
Nesta edição, o festival reunirá mais de 20 apresentações teatrais em três mostras artísticas de 11 companhias nacionais e internacionais. A Mostra de Espetáculos homenageia o grande escritor e diretor Arístides Vargas, apresentando quatro obras do dramaturgo, encenadas por companhias da Argentina, do Brasil e do Equador. O próprio Arístides e seu Grupo Malayerba vão acompanhar toda a programação, além de apresentar duas obras e ministrar um workshop de criação teatral. A mostra ainda reúne diferentes produções do Brasil, Costa Rica/Argentina, Cuba e Moçambique/Portugal que se propõem a discutir aspectos da identidade ibero-americana. As obras mergulham em histórias e lendas das culturas originárias ou tematizam o próprio processo de colonização europeia.

Novo conceito - A Mostra de Desmontagens contará com a presença de artistas brasileiros e latino-americanos, que trarão para o festival suas experiências de criação teatral em forma de Desmontagens Poéticas. A Desmontagem é um conceito relativamente novo no âmbito das artes cênicas que constitui uma análise e desconstrução do próprio trabalho artístico e, ao mesmo tempo, é obra de arte. A Mostra Pedagógica apresentará trabalhos oriundos de oficinas e processos de formação de diversos grupos e entidades locais. Essa Mostra possibilitará aos participantes a circulação por diferentes locais de apresentação e os aproxima dos grupos e artistas profissionais convidados. As atividades complementares incluirão painéis de debate, oficinas práticas, bate-papos, lançamentos e uma feira itinerante de publicações relacionadas às Artes Cênicas.

O 5º Festival de Teatro Popular – Jogos de Aprendizagem conta com patrocínio da Caixa e apoio do Fundo Iberescena.

Outras informações
www.festivaldeteatropopular.jimdo.com
www.facebook.com/FestivaldeTeatroPopularJogosdeAprendizagem
festivaldeteatropopular@gmail.com

Programação no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer  Lupicínio Rodrigues:

Segunda-feira, 19

Desmontagem "Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência" / Tânia Farias (Brasil)
Sala Álvaro Moreyra – 18 horas
Expondo os processos de criação de diferentes personagens, criadas entre 1999 e 2011, a atriz Tânia Farias mostra o quanto as suas vivências pessoais e de seu grupo, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, atravessam os mecanismos de criação. Através da ativação da memória corporal, a atriz faz surgir e desaparecer as personagens, realizando uma espécie de ritual de evocação de seus mortos para compreensão dos desafios de fazer teatro nos dias de hoje. A performance constitui um olhar sobre as discussões de gênero, abordando a violência contra a mulher em suas variantes, e também sobre a importância do autoconhecimento no processo criativo.
Duração: 90 minutos
Classificação: livre

Nos tempos de Gungunhana / Klemente Tsamba (Moçambique/Portugal)
Teatro Renascença – 20 horas
Era uma vez um guerreiro da tribo Tsonga chamado Umbangananamani, que fora casado com uma linda mulher da tribo Macua, de nome Malice. Não tiveram filhos, mas tentaram muito. Este é o mote que dá início ao grande karingana ou conto tradicional sobre a vida de um simples guerreiro, mas que muito rapidamente se transforma numa sequência de outros pequenos karinganas, contados e cantados geralmente com a graça dos ritmos tradicionais de Moçambique. No entanto, este karingana, não tem nada a ver com Gungunhana! A montagem portuguesa que estará no Festival Jogos de Aprendizagem é baseada na tradição oral dos contadores de histórias africanos, onde um único elemento se desdobra em vários personagens para, com a cumplicidade do público, retratar alguns episódios mágicos paralelos à vida do célebre rei tribal moçambicano Gungunhana. O texto da peça é um recorte dos relatos de “Ualalapi”, obra premiada do escritor moçambicano Ungulani Ba Ka Khosa que resulta em um conjunto de histórias dentro de uma história, uma obra que parte de um tempo histórico e de uma cultura particular para depois seguir numa viagem universalista e sem fronteiras.
Duração: 60 minutos
Classificação: 16 anos

Quarta-feira, 21

Hojas de papel volando / Teatro La Rosa (Cuba)
20 horas – Teatro Renascença
Inspirado no livro de poesia homônimo de Patricia Ariza, a peça de Roxana Pineda cria um contexto espiritual para que as palavras funcionem também como ações, um recurso cênico que gera densidade e cria equivalências entre aquilo que se diz e aquilo que acontece aqui e agora. O tema das perdas atravessa toda a peça e, assim o amor, a guerra, a dor pelos mortos, as alegrias de um encontro, a lembrança que evoca e a memória que resiste, podem ser lidos através do vazio que a beleza e a vontade de viver ressarcem. Hojas de Papel Volando fala da vida e é ao mesmo tempo um ato de fé, a presença dos que já não estão e a necessidade de viver conectado às nossas próprias crenças.
Duração: 60 minutos
Classificação: 16 anos




/cultura /teatro

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Paulo Cesar Pinheiro Flores dos Santos
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

                        
Facebook PMPA Flickr da Prefeitura RSS da Prefeitura Twitter da Prefeitura

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Praça Montevidéo, 10 - Rio Grande do Sul - Brasil - CEP 90010-170