Prefeitura de Porto Alegre
Lupa
A- A+ A- A+    A A A A    ?
voltar ao topo ^

População faz exames e adere à campanha contra o câncer bucal

04/07/2018 14:20:22

Foto: Cristine Rochol/PMPA
Até as 13h, 260 pessoas foram examinadas em oito consultórios no Centro Histórico

Até as 13h, 260 pessoas foram examinadas em oito consultórios no Centro Histórico

Foto: Cristine Rochol/PMPA
Iniciativa é alusiva à Campanha Maio Vermelho - Luta contra o Câncer Bucal

Iniciativa é alusiva à Campanha Maio Vermelho - Luta contra o Câncer Bucal

Identificar lesões que possam configurar câncer bucal está entre os objetivos da ação realizada nesta quarta-feira, 4, até as 17h, no Largo Glênio Peres, junto ao Mercado Público, Centro Histórico. A procura por exames clínicos na cavidade bucal é intensa desde o início da manhã, nos oito consultórios organizados para atendimento ao público, com orientação de profissionais da área de odontologia, esclarecimentos e informações a respeito da doença, que tem no tabagismo a principal causa. Alusiva à Campanha Maio Vermelho - Luta contra o Câncer Bucal, a iniciativa lembra o 31 de maio, Dia Estadual de Combate ao Câncer Bucal e Dia Mundial sem Tabaco. (fotos)  

Pela manhã, o secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, visitou o estande. Conforme a coordenadora de Saúde Bucal da Secretaria Municipal de Saúde, Caroline Schirmer, a ideia é fazer aproximadamente 500 atendimentos durante o dia. Até as 13h, 260 pessoas foram examinadas. Em caso de lesões, os pacientes moradores da Capital são encaminhados ao Centro de Especialidades Odontológicas Santa Marta para análise, com agendamento do dia e horário da consulta. Já pessoas residentes em municípios da região metropolitana recebem orientações e indicação de atendimento na própria cidade. 

"Uma ferida na boca há mais de 15 dias e que não cicatriza pode ser o estágio inicial de um câncer, então, é importante que as pessoas se observem e façam exames para identificar lesões que possam configurar algo mais grave", afirma Caroline. Para se prevenir da doença, as dicas são evitar fumar, não ingerir bebidas alcoólicas e evitar exposição solar excessiva. Para quem precisa se expor ao sol, é indicado protetor solar na pele e lábios. 

Ainda pouco conhecida no Brasil, a doença atinge cerca de 16 mil brasileiros a cada ano, com um saldo de mais de 4 mil mortes. O câncer de boca é uma doença crônica não transmissível e possui como principal fator de risco o tabagismo. Quando diagnosticado precocemente e o paciente é submetido ao tratamento indicado, dados apontam que a possibilidade de cura fica em torno de 80%. Da mesma forma, o diagnóstico tardio pode levar a um tratamento mais agressivo e mutilador. Em caso de dúvida, a orientação é procurar a unidade de saúde de referência, conforme endereço de moradia.

Maio Vermelho - A promoção é uma iniciativa conjunta do Comitê de Entidades de Classe da Odontologia (Cecors), Conselho Regional de Odontologia, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Estadual da Saúde, faculdades de odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, com apoio da Fecomércio-RS, pelo Sesc-RS. Realizado anualmente, o Maio Vermelho pretende ser um fórum de discussão permanente entre os profissionais, com o objetivo de qualificar a atenção à saúde.

Leia também: Grupos auxiliam no tratamento contra o tabagismo na Capital

Texto de: Vanessa Conte
Edição de: Denise Righi
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

                        
Facebook PMPA Flickr da Prefeitura RSS da Prefeitura Twitter da Prefeitura

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Praça Montevidéo, 10 - Rio Grande do Sul - Brasil - CEP 90010-170