Estamos trabalhando em um novo portal para Porto Alegre. Visite o novo portal e ajude-nos com seu feedback.
Prefeitura de Porto Alegre
Lupa
A- A+ A- A+    A A A A    ?
voltar ao topo ^

Prefeito fala sobre carnaval e gestão pública em entrevista

15/03/2019 12:02:58

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA
Marchezan foi ouvido no programa Direto ao Ponto, da Rádio Guaíba

Marchezan foi ouvido no programa Direto ao Ponto, da Rádio Guaíba

O prefeito Nelson Marchezan Júnior concedeu entrevista na manhã desta sexta-feira, 15, aos jornalistas Nando Gross e Ananda Müller, o programa Direto ao Ponto, da Rádio Guaíba. Ele falou sobre os desfiles do carnaval competitivo de Porto Alegre, que ocorrem neste fim de semana, além de pautas sobre a gestão pública, como educação, orçamento, transporte coletivo e IPTU.
 
Sobre o carnaval, explicou que a prefeitura repassava para o evento cerca de R$ 7 milhões ao ano, sem receber de volta a prestação de contas, o que gerou uma série de apontamentos dos órgãos competentes. Com a mudança na gestão e o diagnóstico das contas públicas no vermelho, os repasses foram encerrados. “Identificamos a falta de recursos públicos para muitas áreas essenciais. Não tínhamos como continuar aportando dinheiro para o carnaval”, explicou. Agora, o evento ocorre sem recursos orçamentários da prefeitura. “Quero parabenizar a Uecgapa (União das Entidades Carnavalescas do Grupo de Acesso de Porto Alegre) pelo comprometimento e realização do carnaval neste ano. Será a reinvenção do carnaval em Porto Alegre”, disse Marchezan. 

O prefeito também falou sobre carnaval de blocos e Saint Patrick's Day, agora beneficiados pelo Escritório de Eventos, que reúne em um só lugar os pedidos de licenciamento. A crise financeira enfrentada pela prefeitura também foi tema da conversa. “Porto Alegre tem 1,5 milhão de habitantes, e a metade do orçamento anual é consumida por 33 mil pessoas, com os gastos com a folha de pagamento dos servidores ativos e inativos”, explicou.
 
Marchezan referiu-se ainda ao preço da passagem, que possui uma regulamentação específica. “O transporte coletivo é de interesse social”, frisou. “Por isso, precisamos regulamentar todos os outros sistemas que atuam na Capital”. Outra questão abordada foi a revisão da planta do IPTU, imposto que o prefeito considera o mais justo, pois versa sobre patrimônio. “O básico da existência da máquina pública é fazer justiça social. Cobrar mais de quem tem mais e menos de quem tem menos”, disse.
 
Por fim,  o prefeito falou sobre a Semana de Porto Alegre, que se inicia em 21 de março, e convidou a todos a participarem dos eventos programados para 38 bairros. As atrações completas podem ser conferidas no site do evento. Na entrevista à Guaíba, o prefeito esteve acompanhado pelo secretário de Comunicação, Orestes de Andrade Jr.


/carnaval /cidade /educacao /gestao /impostos /iptu /orcamento /transporte

Texto de: Elisandra Borba
Edição de: Matheus Miorim Beust
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

                        
Facebook PMPA Flickr da Prefeitura RSS da Prefeitura Twitter da Prefeitura

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Praça Montevidéo, 10 - Rio Grande do Sul - Brasil - CEP 90010-170