Estamos trabalhando em um novo portal para Porto Alegre. Visite o novo portal e ajude-nos com seu feedback.
Prefeitura de Porto Alegre
Lupa
A- A+ A- A+    A A A A    ?
voltar ao topo ^

Smed volta a investir em livros para a biblioteca própria

13/09/2019 17:21:41

Foto: Adriano Amaral/SMED PMPA
Recursos integram montante de R$ 580,12 mil destinados ao  Redes pela Leitura

Recursos integram montante de R$ 580,12 mil destinados ao Redes pela Leitura

Pela primeira vez desde 2015, a Biblioteca da Secretaria Municipal de Educação (Smed) volta a investir na aquisição de livros. As primeiras remessas chegaram até esta terça-feira, 10, com 512 exemplares da Editora Paulinas, 126 títulos da Vozes, 227 da Paulus e 231 da  Distribuidora Ama Livros, somando um investimento de R$ 26 mil. Estão previstos ainda mais 12 lotes, de diferentes editoras, totalizando R$ 80,12 mil. Os recursos integram o montante de R$ 580,12 mil destinados ao programa Redes pela Leitura, a política de leitura desenvolvida pela Smed nas redes estatal e comunitária de ensino.

Os livros abastecem a diversidade de temáticas trabalhadas nas ações da secretaria, desde o livro técnico-científico até os feitos de tecido, para bebês. Além da própria biblioteca, o lote contempla livros para crianças de zero a 5 anos do programa Baú de Histórias, voltado às 217 escolas de educação infantil da rede pública comunitária, e de literatura em geral para o Livro Andarilho, ação que distribui títulos gratuitos a moradores da cidade em locais públicos, além de entidades e organizações sociais.

“Uma biblioteca desatualizada é uma biblioteca que não cumpre sua função social. Nos dedicamos por vários meses na pesquisa de títulos, pois a biblioteca da Smed é especializada em educação, com a função de subsidiar o trabalho dos técnicos da secretaria e dos educadores nas escolas em seus planejamentos pedagógicos”, destaca a coordenadora da Biblioteca da Smed, Adriana Gomes. “Incluímos também na aquisição as publicações mais solicitadas pelo público da biblioteca”, completa, lembrando sobre a importância do livro novo para o incentivo à leitura.

De acordo com a coordenadora do programa Redes pela Leitura, Cristina Rolim Wolffenbuttel, os R$ 500 mil restantes da verba destinada à política de leitura já foram repassados ao programa Adote um Escritor, desenvolvido junto às 99 escolas públicas da rede municipal e que a partir deste ano passou a funcionar por livre adesão de autores e editoras, sem intermediação. Os recursos são utilizados na compra de livros dos autores “adotados” pelas turmas, que trabalham suas obras em sala de aula, e para o pagamento do cachê do escritor na sua visita aos alunos. O valor também é destinado a viabilizar a ida dos estudantes à Feira do Livro de Porto Alegre.

“A biblioteca da Smed oferece este suporte a todas as escolas e também à comunidade em geral. Investir na qualificação do acervo fortalece toda a política de incentivo à leitura desenvolvida pela secretaria”, explica o secretário municipal de Educação, Adriano Naves de Brito.

 



/educacao /escolas /livros

Texto de: Vanessa Sampaio e Cristina Lac
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

                        
Facebook PMPA Flickr da Prefeitura RSS da Prefeitura Twitter da Prefeitura

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Praça Montevidéo, 10 - Rio Grande do Sul - Brasil - CEP 90010-170