PMPA/SMC / Prêmio Dramaturgia / Autores Premiados / 1988 / Menção Honrosa
01/10/2004

Amaury de Lima e Dejair Cardoso

AMAURY DE LIMA
com O Simples Fato de Ser

Amaury de Lima nasceu Amaury de Lima Lopes, na cidade de Niterói / RJ, no dia 20 de outubro de um ano do século passado, sob o signo de Libra. Era um domingo...
Viveu, caminhou e cresceu, teimoso, tinhoso e inquieto, como qualquer criança, aparentemente normal, até que descobriu a arte.
Começou a busca. Interessou-se pela arte de atuar, mas acabou cursando a faculdade de Belas Artes, no curso de Comunicação Visual. Anos depois se profissionalizou como ator e juntou a isso a arte de cantar, escrever e, mais recentemente, contar histórias.
Em cada uma delas vem desenvolvendo as suas possibilidades e, aqui (...), você vai poder conferir:

Teatro:
O simples fato de ser
Drama psicológico, em dois atos
Registro nº 38019 da Biblioteca Nacional
(Menção Honrosa no 1º Concurso Nacional de Dramaturgia - Prêmio Carlos Carvalho, em Porto Alegre / RS)
Amarcura
Drama psicológico
Registro nº 75719 da Biblioteca Nacional
Um casal do baralho
Comédia, em quatro esquetes
Registro nº 79089 da Biblioteca Nacional

Cinema:
Coração à flor da pele
Argumento e roteiro
Registro nº 3083/86 do Concine.

Literatura:
Pedaços
Coletânea de poesias
Registro nº 49653 da Biblioteca Nacional
(Lançado pela Litteris Editora)
Retratos
Contos e crônicas
À procura de mim
Reflexões e poesias

Tem ainda o argumento de...

No tempo certo, registro nº 64511 da Biblioteca Nacional,
Flor de cactus e Faltando um pedaço.

(Dados extraídos do site de Amaury de Lima, desenvolvido por Alan Rodrigues.)

 

DEJAIR CARDOSO
com O Vira

Dejair Cardoso nasceu em Itaboraí, estado do Rio de Janeiro. Licenciou-se em Educação Artística e concluiu o curso de Bacharelado em Artes Cênicas - Habilitação em Teoria do Teatro. Escreveu 23 peças teatrais premiadas, sendo que 4 delas foram publicadas pelo extinto INACEN. Fez assistência de direção de duas montagens teatrais dirigidas por Cecil Thiré. Para o cinema, escreveu o roteiro do filme Comes e bebes em parceria com Cecil Thiré e Armando Costa que foi baseado em peça de sua autoria, O casamento da filha do padeiro. Durante o Rio Cine Festival, em 1986, recebeu Menção Honrosa com o roteiro intitulado Um capítulo à parte, no I Concurso Nacional de Argumentos e Roteiros Cinematográficos. Escreveu vários roteiros para especiais de televisão e também fez parceria com Cassiano Gabus Mendes e Maria Adelaide Amaral na novela Meu bem, meu mal; O mapa da mina, também em parceria com Gabus Mendes e Anjo Mau com Maria Adelaide Amaral.

(Biografia publicada no livro Concurso Nacional de Dramaturgia - Prêmio Carlos Carvalho, em 1991.)

 




contatos

Prêmio Carlos Carvalho
Av. Erico Verissimo,
307 Cep 90160-181

(51) 3289.8062 
(51) 3289.8064
E-mail




 

Página desenvolvida pela PROCEMPA