Site de Porto Alegre 2014
Transparência na Copa

 
SECOPA - Secretaria Extraordinária da Copa de 2014
PMPA / SECOPA / Embaixadores da Copa

Luiz Antônio Venker Menezes (Mano Menezes)



Luiz Antônio Venker Menezes nasceu dia 11 de junho de 1962 em Passo do Sobrado, pequeno município gaúcho de seis mil habitantes, desmembrado de Rio Pardo em 1992, e a 134 quilômetros de Porto Alegre. O futebol para “Mano” Menezes começou ali mesmo – no Rosário, time do pai –, continuou no Fluminense de Mato Leitão, e chegou ao Guarani de Venâncio Aires, quando o jovem e esforçado jogador já fazia o curso de educação física. Primeiro atacante, depois zagueiro (com 1m78cm), Mano acompanhou a transição do Guarani de amador para profissional, e logo acumulou também a função de técnico das categorias de base do clube. Aí chegou o momento de uma decisão: em 1986, aos 24 anos, já casado e com uma filha, a subsistência da família estava garantida por um emprego de professor de educação física, mas Mano Menezes fez a opção, e resolveu definitivamente ser técnico de futebol profissional.

Começou nas categorias de base do próprio Guarani de Venâncio Aires, passou pelos juniores do Juventude de Caxias do Sul, esteve na base do Internacional em 2001. Depois de treinar com sucesso as equipes profissionais do Guarani de Venâncio, Brasil de Pelotas e Iraty do Paraná, conseguiu um brilhante terceiro lugar na Copa Brasil de 2004 com o 15 de Novembro de Campo Bom, incluindo uma inesquecível vitória de 3x0 sobre o Vasco em São Januário. Depois foi para o Caxias, e assumiu o Grêmio na segunda divisão brasileira, levando o clube de volta à primeira em 2005. Em 2008 repetiu o desafio e a tarefa no Corinthians, que em 2007 tinha sido rebaixado com uma derrota exatamente para o Grêmio (de Mano). No dia 24 de julho de 2010, aos 48 anos, Mano Menezes passou a ser o 11º gaúcho técnico da Seleção Brasileira, depois de Sylvio Pirillo, Teté, Foguinho, Carlos Froner, João Saldanha, Osvaldo Brandão, Cláudio Coutinho, Paulo Roberto Falcão, Luiz Felipe Scolari e Dunga.




Siga o Twitter da SECOPA




Saiba quem são eles




Desenvolvimento PROCEMPA