Site de Porto Alegre 2014
Transparência na Copa

 
SECOPA - Secretaria Extraordinária da Copa de 2014
PMPA / SECOPA / Embaixadores da Copa

Elias Ricardo Figueroa Brander (Figueroa)



O zagueiro chileno Elias Ricardo Figueroa Brander atuou no Inter de 1971 a 1977, foi eleito melhor jogador de futebol da América do Sul três vezes, disputou três Copas do Mundo: 1966 na Inglaterra, 1974 Alemanha Ocidental, 1982 Espanha. Começou no Calera e Santiago Wanderers, depois defendeu o Penharol do Uruguai, e foi contratado por 80 mil dólares pelo Inter, onde disputou 320 partidas, de 1.12.1971 com 3x0 sobre o Vasco até 26.1.1977 em 2x2 contra o Palestino do Chile. Além do próprio Palestino, jogou ainda no Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos, e no Colo-Colo. No Inter fez 26 gols, e desempenhou inclusive como goleiro. Hoje com 66 anos, Don Elias é lembrado pelo gol do raio de sol dia 14 de dezembro de 1975 na vitória de 1x0 sobre o Cruzeiro de Belo Horizonte – primeiro título nacional do Inter e do futebol gaúcho –, pela declamação de poemas do compatriota Pablo Neruda, por seis campeonatos gaúchos e dois brasileiros, e por frases, sobre ele e dele mesmo. “Elegante como um lorde de casaca, sutil como um tigre de bengala”, definiu o jornalista e escritor Nelson Rodrigues. “A área é a minha casa: só entra quem eu quiser”, falou o próprio Figueroa sobre o seu ofício de jogador. “Muitos zagueiros são driblados dentro da área, mas no caso de Figueroa é ele quem tem o talento para dar o drible dentro da área”, diferenciou o jornalista Oldemário Touguinhó, do Jornal do Brasil.



Siga o Twitter da SECOPA




Saiba quem são eles




Desenvolvimento PROCEMPA