PMPA / SMURB / Viva o Centro / Projeto Viva o Centro / O Projeto

Viva o Centro

O Projeto 

 

O Centro pode ser definido como um local de diversidade, com inúmeras potencialidades, capaz de assimilar as mudanças necessárias aos novos estágios de desenvolvimento da cidade.

O Projeto Viva o Centro (antigo Programa Viva o Centro), foi instituído em 2006 tendo como objetivo articular as ações realizadas no Centro Histórico objetivando reforçar e qualificar sua atratividade. Atualmente está inserido no Programa Cidade Integrada.
   
O trabalho é orientado pelo Plano de Diretrizes, instrumento fundamental para a implementação de políticas de gestão e ações de forma estratégica, integrando os diversos órgãos do Município e setores sociais visando a construção conjunta de soluções que potencializem as oportunidades para o desenvolvimento da área. É norteado por três eixos de atuação:

PROMOÇÃO DA IMAGEM - Reverter a imagem negativa gerada pela degradação do ambiente urbano, à falta de segurança e à marginalização social, recuperando, fortalecendo e difundindo a identidade histórica, social e cultural do setor.

QUALIFICAÇÃO DO ESPAÇO URBANO - Recuperar, proteger e difundir o patrimônio cultural, arquitetônico e urbanístico, reforçando o Centro Histórico como principal referencial turístico e cultural da cidade. Melhorar a qualidade ambiental para garantir a integração social e o pleno desenvolvimento de suas atividades. 
 
FORTALECIMENTO DA DINÂMICA FUNCIONAL - Revitalizar as atividades econômicas, turísticas, culturais e residenciais, fortalecendo o Centro Histórico como o bairro da diversidade econômica e social.

O Plano de Diretrizes possui um Plano Operacional que agrupa por tema as ações necessárias para requalificar o Centro Histórico em 8 (oito) Macroações:

  • Conscientização e divulgação dos valores culturais;
  • Integração social e segurança pública;
  • Manutenção e conservação do espaço público;
  • Qualificação do ambiente urbano;
  • Promoção econômica;
  • Revitalização de áreas e imóveis subutilizados ou degradados;
  • Otimização do transporte e circulação;
  • Implementação e monitoramento de ações.

Público-alvo


Busca atender às expectativas de toda a população de Porto Alegre, Região Metropolitana e de todo estado gaúcho, principalmente os cerca de 400.000 usuários diários e seus 36.862 moradores (Censo do IBGE de 2000) com foco nos empresários e trabalhadores, parceiros indispensáveis do Poder Público.

Abrangência:


Bairro Centro Histórico - área circundada pela 1° Perimetral (228 hectares).

Participação:


    * SMCPGL - Secretaria Municipal de Coordenação Política e Governaça Local;
    * SEACIS - Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social;
    * SMAM - Secretaria Municipal do Meio Ambiente;
    * SMC - Secretaria Municipal da Cultura;
    * SMOV - Secretaria Municipal de Obras e Viação;
    * SMIC - Secretaria Municipal da Indústria e Comércio;
    * SMGAE - Secretaria Municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico;
    * SMTUR - Secretaria Municipal de Turismo;
    * PGM - Procuradoria Geral do Município;
    * COMPAHC - Conselho do Patrimônio Histórico Cultural;
    * DEP - Departamento de Esgotos Pluviais;
    * DMLU - Departamento Municipal de Limpeza Urbana;
    * FASC - Fundação de Assistência Social e Cidadania;
    * CARRIS - Companhia Carris Porto-Alegrense;
    * EPTC - Empresa Pública de Transportes e Circulação;
    * PROCEMPA - Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre;
 
  

Secretaria responsável:






» contatos
Liane Klein
(51)3289.8275

Desenvolvimento PROCEMPA