PMPA / SMURB / Viva o Centro / Conheça o Centro / Bens Tombados / Galeria Chaves

Galeria Chaves

End.: Rua dos Andradas, 1432/1448/1438/1444
Complemento: Rua José Montaury, 129
Tombado: SMC - Secretaria Municipal da Cultura

O prédio foi projetado em 1936 pelo arquiteto, escultor e mestre Fernando Corona, com a colaboração de Nilo de Lucca no planejamento, sendo executado por Azevedo, Moura & Gertum.

Em estilo neo-renascentista e estrutura de concreto armado, a edificação é constituída por porão, térreo, entre-solo ou mezanino e quatro pavimentos na parte superior.

A imponente fachada junto à Rua da Praia, com amplo portal de entrada ladeado por duas colunas jônicas e pórtico de quatro colunas da mesma ordem no primeiro pavimento, todas em granito róseo, lembra os palácios renascentistas. 

Arrematada por cornija, revestida com pó de pedra aglutinado em tom grafite, é articulada por três planos principais:

              • O embasamento composto pelo térreo e entre-solo, com revestimento imitando pedra aparelhada;

              • uma área constituída pelos três andares intermediários, com janelas retangulares com venezianas e sacadas com gradis, agrupadas de três a três, com desenho variado,  separadas por pilastras lisas, que se distingue do térreo por um parapeito no primeiro pavimento configurado por uma balaustrada contínua;

             • o último pavimento com uma seqüência de aberturas em arco pleno, separadas por pequenas colunas jônicas.

A Galeria Chaves também apresenta um portal de entrada na face de Rua José Montaury, que conduz, através de um longo corredor, ao nível superior da Galeria, junto à Rua dos Andradas, que é iluminada por lustres de ferro, uma clarabóia e vitrais. O piso é revestido com placas de vidro trabalhado que permitem a iluminação do porão central.

O pavimento térreo é ocupado pela galeria comercial, por dois elevadores de ferro gradeado, uma escada que conduz aos pavimentos superiores e outra que leva ao entre-solo, composto por salas comerciais com aberturas envidraçadas para a Rua dos Andradas e para a Galeria. Originalmente ocupadas por consultórios médicos, atualmente abrigam alguns restaurantes. Os pavimentos superiores, constituídos por apartamentos residenciais, passaram a abrigar lojas de comércio e serviços especializadas em artigos musicais.

O edificação, que abriga a galeria comercial mais antiga de Porto Alegre, foi tombada pelo Município de Porto Alegre em 17 de abril de 1986, com o nº 24.

Referências:
http://www.portoalegre.rs.gov.br/cultura
http://pt.wikipedia.org/wiki/Galeria_Chaves_(Porto_Alegre)




» contatos
Liane Klein
(51)3289.8275

Desenvolvimento PROCEMPA