PMPA / SMURB / Viva o Centro / Conheça o Centro / Praças

Praça Argentina

Chamada de Ladeira do Oitavo e Ladeira do Portão, em 1858 recebeu a denominação de Praça da Independência alterado, em 1921, em homenagem à República Argentina, para o nome atual.

A saída da cidade para o chamado Caminho da Azenha (atual João Pessoa) era composto por uma íngreme ladeira, com trânsito intenso de carretas e sujeito a constante erosão provocada pelas enxurradas.

Em 1857 a Província, por solicitação da Câmara, urbaniza a área: correção da descida através de aterro, com muro de contenção na parte inferior, dotado de pilares e gradis ornamentais, escadaria em leque, esgoto pluvial subterrâneo e arborização.

Em 1927, o Prefeito Otávio Rocha inicia uma reforma na praça, construindo muralhas de contenção na parte leste, em frente à Escola de Engenharia da UFRGS, jardim, escadarias e sanitários, concluída em 1929. Alberto Bins, prefeito na época descreve em seu relatório:

“Foi Completada a Praça Argentina com o seu ajardinamento central com dois canteiros alargados que, em conjunto, apresentam a forma de uma elipse oval bipartida, deixando de permeio e lateralmente as faixas para o tráfego de veículos, disposição que, a par da estética, apresenta vantagens na regularização da circulação”.

Recebeu, em 1935, um pequeno monumento oferecido pela Colônia Argentina em Porto Alegre. Conta, ainda, com os monumentos Apolinário Porto Alegre, Frade de Arenito, Homenagem ao 1º Centenário Farroupilha e frades de pedra, remanescentes dos antigos, que eram instalados diante das casas para amarrar cavalos e outros animais de montaria e tração.

Referências:
Franco, Sérgio da Costa. Guia Histórico de Porto Alegre. Porto Alegre: Editora da Universidade (UFRGS)/Prefeitura Municipal, 1988
Secretaria Municipal do Meio Ambiente



» contatos
Liane Klein
(51)3289.8275

Desenvolvimento PROCEMPA