Prefeitura de Porto Alegre

ESPORTECalendário de AtividadesEventos esportivos

Lupa
A- A+ A- A+    A A A A    ?
voltar ao topo ^

CIRCUITO PORTO ALEGRE DE VÔLEI DE PRAIA 2019

 CIRCUITO PORTO ALEGRE DE VÔLEI DE PRAIA 2019 
 
REGULAMENTO GERAL 
Art.1º- O Circuito Porto Alegre de Vôlei de Praia 2019, promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes em parceria com o Sesc, objetiva o incentivo à prática do vôlei de praia desenvolvido em clima de camaradagem, lealdade e disciplina, visando à integração social e esportiva dos participantes. 
 
Art. 2º- A SMDSE terá as seguintes atribuições: a) Tomar todas as providências de ordem técnica e administrativa com respeito à realização do circuito; b) Organizar as tabelas e definir as arbitragens dos jogos do Circuito; c) Cancelar e/ou transferir jogos e etapas do Circuito; d) Organizar e divulgar periodicamente o ranking do Circuito; f) Apreciar, julgar e resolver ocorrências no decorrer do Circuito; g) Zelar pelo cumprimento deste regulamento. 
 
Art. 3º- O Circuito será disputado em categoria única, nos naipes feminino e masculino, em seis etapas   no período de 05 de janeiro a 23 de fevereiro com início às 14h30. &1º Feminino: 12, 26/01; 2 ,9, 16 e 23/02 &2º Masculino: 5, 19/01; 2, 9, 16 e 23/02 
 
Art. 4º- A inscrição será no horário das 13h30 às 14h, com a presença obrigatória de um representante da dupla.  
 
Art. 5º- As inscrições em cada etapa serão limitadas a 32(trinta e duas) duplas no mês de janeiro e 40 (quarenta) duplas no mês de fevereiro, independente de gênero, por ordem de chegada dentro do horário estabelecido. 
 
Art. 6º- Sempre que possível, será usada uma forma de disputa que favoreça a disputa do maior número de jogos, dependendo do número de inscritos, procurando garantir no mínimo 2 (dois) jogos por dupla. 
 
Art. 7º- Os jogos serão disputados em set único de 18 pontos, com diferença de 2(dois) pontos, sendo que a troca de quadra ocorrerá a cada soma de 8 (oito) pontos. 
 
Art. 8º- A pontuação para fins de ranqueamento e premiação será individual. 
 
Art. 9º- A pontuação de cada etapa será a seguinte: 1ºlugar = 200 pontos; 2º lugar = 180 pontos; 3º lugar = 160 pontos; 4º lugar = 140 pontos; 5º e 6º lugares = 120 pontos; 7º e 8º lugares =100 pontos; 9º ao 12º lugares = 80 pontos. Paragrafo único - A etapa final, dia 23 de fevereiro, terá pontuação dobrada. 
 
 
 
Art. 10º- Para elaboração da tabela de jogos de cada etapa, será considerada a soma da pontuação do ranking individual dos componentes de cada dupla, na primeira etapa será levado em conta o ranking 2018. Paragrafo único - Em caso de empate, a dupla do atleta melhor ranqueado terá melhor colocação na tabela, persistindo o empate o ranqueamento será por ordem de inscrição na etapa. 
 
Art. 11- Serão atribuídas medalhas aos 1º, 2º e 3º lugares em cada etapa. 
 
Art. 12- Serão atribuídos troféus aos 6 (seis) melhores colocados por naipe do ranking individual ao final do Circuito. Paragrafo único - Em caso de empate na classificação individual final, serão utilizados os seguintes critérios: a) maior número de 1º lugares nas etapas; b) maior número de 2º lugares nas etapas; c) maior número de 3º lugares nas etapas: d) maior número de 4º lugares nas etapas, e)sorteio.  
 
Art. 13 – Caberá aos participantes:  a) Realizar a inscrição da dupla no horário estabelecido; b) Comparecer nas quadras no horário para confirmação de vaga; c) Usar o material fornecido pelo patrocinador, quando houver; d) Participar ativamente do processo de arbitragem; e) Participar do Circuito de forma ética, disciplinada e cordial  
 
Art. 14 - Todo e qualquer atleta que promover alguma conduta ou atitude antidesportiva perante os participantes do evento (atletas, público, organizadores) que venha a interferir direta ou indiretamente no andamento do evento estará sujeito a não participação nas etapas seguintes. 
 
Art. 15 – Em caso de recusa de efetuar as arbitragens solicitadas pela Comissão Organizadora, o atleta e/ou a dupla terão os pontos conquistados na etapa desconsiderados para fins de ranqueamento e serão excluídos da etapa seguinte. 
 
Art. 16 – A SMDSE considera todos os atletas inscritos no Circuito em perfeitas condições de saúde física e mental, estando aptos a praticarem esportes de competição. 
 
Art. 17 – A SMDSE não se responsabilizará por acidentes, danos pessoais e materiais, próprios ou a terceiros, antes, durante ou após os jogos do Circuito. 
 
Art. 18 – Os casos omissos no presente regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.  


ranking_tabela_feminino_volei_de_praia_2019.pdf
25_02_19_ranking_tabela_masculino_volei_de_praia_2019.pdf

              










Página 1 | 2 | 3 || Próxima

Facebook PMPA Flickr da Prefeitura RSS da Prefeitura Twitter da Prefeitura

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Praça Montevidéo, 10 - Rio Grande do Sul - Brasil - CEP 90010-170